Reunião de avaliação do Projeto BEST ocorre na NMS

O inovador projeto BEST - BiossEnSores mulTifuncionais a integrar na prática clínica e capacitação da pessoa com diabetes - teve o seu primeiro ano avaliado em reunião NOVA Medical School.

Este projeto multidisciplinar envolve também parceiros da DECSIS, NOVA FCT, Associação Protetora dos Diabéticos de Portugal (APDP) e da Universidade de Évora, presentes nesta reunião de forma presencial ou via conferência digital, no dia 26 de julho.

Foram abordados aspetos de avaliação deste projeto que passa pelo desenvolvimento de plataforma integrada de diagnóstico e monitorização capaz de detetar e quantificar simultaneamente a glucose, a insulina e o péptido-C de uma forma simples e rápida, sem recurso a técnicas complexas de diagnóstico, para a caracterização de fenótipos de diabetes em tempo real. 

Estes dados são então enviados ao utente através de uma aplicação, com informações relevantes sobre os parâmetros medidos, histórico das medições e outras indicações que permitem à pessoa com diabetes de ter uma maior literacia e capacitação. 

Os resultados obtidos através do projeto BEST são de extrema importância, pois irão permitir o desenvolvimento de estratégias para a deteção simultânea, em tempo real, daqueles biomarcadores.