Investigação NMS sobre exossomas em destaque no Jornal Público

O destaque dos investigadores João Ferreira, Ana Soares e Paulo Pereira aconteceu na sequência do trabalho sobre exossomas e comunicação intercelular publicado numa revista Science.

Os exossomas são vesículas extracelulares, responsáveis pela comunicação intercelular e capazes de transferir RNA, lípidos e proteínas entre diferentes tipos de células e orgãos. Esta investigação do laboratório Proteostase e Comunicação Intercelular, liderado pelo investigador principal Paulo Pereira, descreve um novo mecanismo de transporte intercelular dependente da proteína membranar LAMP2A. O grupo descobriu que existe um conjunto de aminoácidos comuns em proteínas colocadas nestes exossomas através da LAMP2A, permitindo assim transportá-las entre células.

Este conhecimento será fucral para desenhar novas terapêuticas: “Os exossomas têm o potencial de ser novas formas de terapia. São facilmente aceites no nosso organismo, porque têm baixa imunogenicidade, podem ser orientadas para um determinado órgão e conseguimos colocar a informação que quisermos nestes exossomas – e esse potencial é enorme. Poderemos criar exossomas desenhados para atingir determinadas células”, diz João Ferreira ao jornal Público, um dos co-autores principais desta investigação.

Leia a reportagem completa no Público e o artigo completo, "LAMP2A regulates the loading of proteins into exosomes", na revista Science Advances.